Buscar
  • Reginaldo Eloi

Vice-presidente da OAB Nacional, diretoria da OAB Paraná e conselheiros visitam Subseção de Maringá






Objetivo foi ouvir Diretoria, Conselho e discutir o futuro da advocacia e os desafios que se impõem

A diretoria da OAB Maringá recepcionou, nesta quinta-feira, 24/06, na sede, o vice-presidente da OAB Nacional, Luiz Viana Queiroz, os diretores da OAB Paraná, presidente Cássio Telles, vice Marilena Winter, diretor de Prerrogativas Alexandre Salomão e o diretor tesoureiro Henrique Gaed, os conselheiros federais Juliano Breda e Airton Molina e os conselheiros estaduais Luiz Fernando Pereira, César Moreno, Marcelo Costa e Kelly Cristina de Souza.


Com o Projeto OAB Paraná Total, a diretoria seccional percorre a região, ouvindo e conhecendo os anseios e desafios da advocacia. E especialmente nesta oportunidade, o grupo tem a companhia do vice-presidente do Conselho Federal, que, além de conhecer as realidades regionais, está divulgando um movimento nacional, que surge dentro do Conselho Federal, o “Manifesto em Defesa da Advocacia”.

Esse manifesto tem, entre suas lideranças, o próprio vice-presidente, o diretor tesoureiro do Conselho Federal, José Augusto de Noronha, ex-presidente da OAB/PR, o secretário-adjunto do CFOAB, Ary Raghiant Neto, além de presidentes de seccionais e conselheiros federais.


OAB PARA OS ADVOGADOS

“Lançamos esse manifesto com alguns pontos em que nós marcamos posição em relação às prioridades da OAB Nacional. Na nossa opinião, as prioridades devem ser, em primeiro lugar, a defesa dos advogados e das advogadas, conforme está no Artigo 44 do Estatuto da OAB, sem prejuízo dos outros compromissos institucionais, que aliás estão também no mesmo artigo, que é a Defesa da Constituição, do Estado Democrático de Direito, dos Direitos Humanos e da Justiça Social, entre outros”, aponta o dirigente da OAB Nacional.

Especialmente nesse momento de pandemia, o vice-presidente do Conselho Federal enfatiza que é preciso reforçar a atuação da OAB Nacional a favor das pautas vinculadas diretamente aos advogados e advogadas.


OAB PARANÁ TOTAL

Já o presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, falou a respeito do Projeto OAB Paraná Total, que está percorrendo o interior do estado para ouvir as reivindicações da advocacia. “Temos a satisfação de receber o vice-presidente nacional nessa caminhada, que é uma caminhada de diálogo com a base da advocacia, pois a finalidade da Ordem, como sempre temos defendido, primeiramente é a defesa e fortalecimento da advocacia, das suas prerrogativas profissionais, a valorização dos honorários advocatícios, a busca pela celeridade processual, enfim, esse papel é o papel primeiro da nossa instituição.”


OUVINDO A ADVOCACIA

Juliana Breda, conselheiro federal e ex-presidente da OAB Paraná enfatizou que esse o Projeto Paraná Total, da atual gestão da Seccional, é inédito. “A OAB passou a ouvir, ir até as pequenas comarcas do nosso estado, onde atuam, muitas vezes, em torno de 10 advogados e onde se encontram as maiores dificuldades, os grandes problemas do exercício profissional pela precariedade, pelo déficit estrutural ainda da nossa Justiça Estadual nas pequenas comarcas. Portanto, esse movimento faz uma avaliação e um diagnóstico muito preciso de toda a realidade da advocacia paranaense.”

Luiz Gaed, diretor tesoureiro da Seccional, também ressaltou a importância de se ouvir a advocacia em seu contexto. “Uma das grandes diretrizes desta gestão foi a definição desse programa Paraná Total, isso foi definido logo no início da gestão pelo presidente Cássio, com o desafio de visitarmos as 161 comarcas do Estado do Paraná. Isso tem nos dados um excelente subsídio para um alinhamento daquilo que estamos desenvolvendo para a advocacia paranaense”.


PANDEMIA

O conselheiro estadual Luiz Fernando Pereira, de Curitiba, que acompanha o grupo, lembra que a OAB vive nesta pandemia um dos maiores desafios da história da entidade. “O Poder Judiciário foi muito afetado pelas restrições sanitárias, houve a edição de múltiplos decretos, que mexeram diretamente com a forma com a qual os advogados trabalhavam e trabalham. E a OAB ficou envolvida em monitorar essa onda de decretos para poder discutir a melhor possibilidade de fazer com que a máquina do judiciário continuasse funcionando e os advogados trabalhando e recebendo o seu sustento. Mas o presidente Cássio, para além desse trabalho, vem atuando com Projeto Paraná Total, que tem como finalidade chegar, pela primeira vez, a todos as regiões do Paraná, onde houver advogados atuando”, destaca.


DESAGRAVOS

Reforçando a importância das prerrogativas profissionais da advocacia, nesta quarta-feira, a diretoria da OAB Paraná realizou desagravos públicos em favor de advogados ofendidos. Foram desagravados advogados em Primeiro de Maio, (Fórum Estadual), Londrina (INSS e Delegacia de Polícia), Cambé (Secretaria de Saúde) e em Jaguapitã (Delegacia).