Buscar

Cevige realiza curso ‘Acolhimento a Mulheres em Situação de Violência’



Será realizado, no próximo dia 27 de setembro, o curso “Acolhimento a Mulheres em Situação de Violência: aspectos jurídicos e a contribuição da Psicologia Jurídica”. Será das 8h30 às 12h30.


A iniciativa é da Comissão de Enfrentamento à Violência de Gênero (Cevige) da Subseção e tem por finalidade capacitar as psicólogas voluntárias colaboradoras da comissão. No entanto, está aberta à participação da comunidade jurídica, que pode assistir pelo Canal da OAB Maringá no Youtube.


O curso será ministrado por Kellen Galego, Virginia Maria Bernardino e Lara Stresser Schmitt Cesar.


Kellen Galego é assistente social judiciária no TJPR há 10 anos, atua no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e Vara de Crimes contra Crianças, Adolescentes e Idosos de Maringá. Especialista em Infância e Violência Doméstica, Especialista em Gestão de Políticas Sociais. Mestre em Serviço Social e Política Social pela Universidade Estadual de Londrina.



Já Virginia Maria Bernardino é bacharel em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina, especialista em Programas e Projetos Sociais pela UNIFIl, especialista em clínica Psicanalítica pela Universidade Estadual de Londrina, facilitadora e instrutora de círculos de construção de paz e psicóloga clínica e judiciária.


Lara Stresser Schmitt Cesar é docente e psicóloga judiciária. Graduada pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Mestre em Psicologia pela UEM. Especialista em Saúde Mental, Psicopatologia e Psicanálise pela PUC PR). Psicóloga Judiciária do TJPR há nove anos, realizando perícias psicológicas em Varas de Infância e Juventude, Família e Criminal. Coordenou Comissão de Psicologia Jurídica do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-Pr – Subsede Londrina) de 2016 a 2020. Docente em cursos de pós graduação, em disciplinas relacionadas à aplicação da Psicologia ao Direito. Realiza capacitações e supervisões técnicas pela Vinculare Cursos e Supervisões.

52 visualizações0 comentário